Um baião para recordar Luiz Gonzaga

De onde vem o Baião?, Grupo Saramandaia (Santos)

“O baião é o ritmo que mais representa a cultura nordestina. Ele segue vivo e influencia a música popular brasileira até hoje. O baião fala de tristeza, mas é um ritmo alegre. Com tantos significados, não pensamos em outra coisa a não ser exaltar o baião de Luiz Gonzaga em uma mistura de música e teatro, tendo como pano de fundo a história do rádio”. Dessa forma, a cantora Lua Marina define o espetáculo musical ‘De onde vem o baião’, que encerrou a programação da segunda edição do Circuito de Cultura Popular em Santos.

grupo-saramandaia_09-10-2016_creditos-ferreira-filmes-3

Em cima do contêiner-palco, as paredes de aço deram vida a uma casa popular, onde a diversão vinha do pequeno aparelho de rádio, ouvido por pai e filha. A jovem, que nutria o sonho de ser cantora, era repreendida pelo pai. O baião é o carro chefe da história, cantada com muitas músicas e emoção.

Como na maioria das canções populares, as temáticas recorrentes na obra de Luiz Gonzaga são o amor e a saudade. O drama do retirante aparece com fortes elementos de crítica social e de protesto, falando sobre a seca e a pobreza. No entanto, o sanfoneiro atribuiu outras imagens e símbolos ao sertanejo, em músicas onde estão presentes a poesia, a alegria, a dedicação ao trabalho, a bravura, a beleza e a coragem do povo nordestino.

Sorry, the comment form is closed at this time.