Preservando a infância para um mundo melhor

Cantigas de amor para um coração pequeno, Cia Tempo de Brincar (Sorocaba)

“Entre rodas e cantigas, brincadeiras de criança, o amor ia nascendo, no caminho da infância. Brotando a cada dia, se enchendo de esperança”

Os versos da poesia musicalizada, composta pelo músico e compositor Valter Silva fazem parte do espetáculo ‘Cantigas de amor para um coração pequeno’, arte atemporal que dialoga com as memórias da infância e as heranças culturais do Brasil.

cia-tempo-de-brincar_08-10-2016_creditos-ferreira-filmes-5

Mesclando elementos culturais como a ciranda, o fandango caipira, a moda de viola e os bonecos feitos de papel machê e tecido, – criados pela artista plástica e atriz Elaine Buzato – a dupla contou de forma poética a história de amor de Maria Rosa e Tonho da Viola, amigos que se conhecem desde pequenos e, com o tempo, passam a se gostar. Assim, para contar seus segredos de amor, se comunicam através de cartas.

Sem a quarta parede do teatro tradicional, a poesia ganha vida por meio de um burrinho que passeia pela plateia resgatando o ato de entregar e receber correspondências. A interação com a plateia acontece também ao final do espetáculo, quando todo o público entrelaça as mãos e dança uma ciranda, conduzida pelos artistas.

“É uma história que fala de amizade, saudade e memória, passeando entre a infância e a ancestralidade. Buscamos por meio dela resgatar a graça das brincadeiras infantis e dos pequenos autos, pastoris e festas, manifestações populares que ocorrem no interior do Estado de São Paulo”, destaca Elaine Buzato.

Sorry, the comment form is closed at this time.