O folclore registrado por Câmara Cascudo em um embornal de histórias

Embornal de Histórias, do Grupo Teatro Aberto (Santos)

Fazendo uma homenagem a tradição oral brasileira, o espetáculo Embornal de Histórias do Grupo Teatro Aberto, foi apresentado nas três cidades que receberam a segunda edição do Circuito de Cultura Popular. No total, mais de 800 crianças – dentre os moradores da Comunidade Mantiqueira de Cubatão, alunos da EPG Hamilton Félix de Souza de Guarulhos e crianças do Sesi Santos – prestigiaram a montagem.

embornal

Contos tradicionais brasileiros como o ‘Compadre da Morte e Quirino’, ‘Vaqueiro do Rei’, ambos recolhidos por Câmara Cascudo, foram adaptados, ganhando uma versão com muitas cores, bonecos e música ao vivo. A adaptação do texto é do ator Douglas Zanovelli que também contracena com o ator Daniel Cucolo neste espetáculo. A direção é de Ednaldo Freire.

Na peça, dois contadores de história se reencontram após uma longa viagem. Cada um tem um embornal (sacola artesanal) e dele saem coisas. São lembranças adquiridas por eles em suas viagens – as histórias do mundo. Histórias que passaram de geração em geração e que aos poucos vem sendo esquecidas.

Então, os amigos contam suas experiências, dividindo e trocando suas histórias com outros. Uma alusão ao registro da tradição oral feita por grandes mestres como Câmara Cascudo, Silvio Romero, Mário de Andrade, entre outros. Essa será a missão que o Compadre da Morte, Rosinha, Quirino e outros personagens terão: trocar as histórias do embornal para levar a outros povos.

O espetáculo interage a todo momento com a plateia, que sem a quarta parede do teatro convencional, tem papel de destaque nos contos encenados. É do público que surge o parteiro da criança que será batizada pela dona morte e também é lá que estão os pacientes do ‘cumpadre’ da mesma. Cabe também ao público a escolha de falar ou não a verdade, quando a mentira é a saída aparentemente mais fácil. Por meio das trocas das histórias do embornal, as crianças estimulam as virtudes e escolhem o melhor caminho a seguir.

Sorry, the comment form is closed at this time.