O corpo como meio: percussão para educadores

Percussão corporal, com Luis Zanetti/Instituto Brincante

Vivenciar a música por meio da percussão corporal, da voz e do jogo rítmico, com o objetivo de capacitar educadores para relacionar os aprendizados em outras disciplinas. Essa foi a proposta da oficina de cultura popular ‘Percussão Corporal’, ministrada por Luis Zanetti do Instituto Brincante na UME Bernardo José Maria de Lorena, em Cubatão.

A oficina, destinada para professores da rede pública e demais interessados, mesclou percussão e movimento, proporcionando troca de experiências e instigando o raciocínio lógico nos educadores. A montagem contou com percussão através de objetos cotidianos e reciclados, adaptados para cumprir o papel de materiais comuns usados em festas populares, como o cavalo marinho.

percussao

“Ministrar essa oficina em Cubatão foi um aprendizado, pois descobri que muitos dos participantes já desenvolvem trabalhos com manifestações populares, principalmente do Nordeste. As respostas deles para as ações foram interessantes e enriquecedoras, pois a cultura popular é feita assim: na base da troca”, afirma Zanetti.

Sorry, the comment form is closed at this time.