Cia. Incomodados pinta de colorido o Vale Verde

Festa das Cores, da Cia Incomodados (Guarujá)

Primeiro as cores, presentes em toda composição do cenário montado na UME Mário de Oliveira Moreira, no Vale Verde, em Cubatão. Dos pufes coloridos até as caricaturas cuidadosamente pintadas de forma manual.

dia-25_festa-das-cores1

Depois das cores, os acordes da canção. E em uma melodia doce e contagiante, as crianças, professores e funcionários foram convidados para um show de música, repleto de poesia e brincadeiras.

Montada em 2015, a ‘Festa das Cores’ é a primeira montagem da Cia Incomodados de Guarujá, formada por músicos e atores que já desenvolvem trabalhos em outras companhias teatrais tradicionais da Baixada Santista. A proposta do show musical é resgatar as riquezas da música popular de Carmem Miranda e Luiz Gonzaga para o público infantil.

“Pensamos em mesclar as cores, resgatando o folclore brasileiro e as memórias afetivas em um espetáculo musical costurado pela poesia. Há no meio do espetáculo uma mescla entre músicas populares e músicas autorais”, pondera o músico Elias Thomais.

Riquezas do folclore e da cultura popular brasileira também estavam presentes em meias, máscaras e adornos tradicionais do antigo carnaval e nos vestidos rodados das personagens.

Em cena, sem a quarta parede do teatro convencional, o público infantil interagiu com a montagem, que resgatou brincadeiras infantis como ‘batata-quente’, ‘roda-roda’ e ‘estátua’. “Eu já vi isso em um filme”, falou animada um aluno, enquanto a atriz em cena tocava violão com um pente. Outra criança respondeu de prontidão o nome de Luiz Gonzaga quando perguntada pelo ator se alguém sabia quem era o rei do baião.

“A vontade de trabalhar com crianças veio justamente por entender que essa faixa etária está mais sujeita às músicas mundanas. Acreditamos na importância de trabalhar na base para indicar os caminhos”, finaliza a diretora Ariadne Moreno.

Sorry, the comment form is closed at this time.